Quarta, 15 Julho 2015 16:35

A difícil arte da Contabilidade!

A contabilidade é primordial para qualquer empresa – atua no negócio assim como o cérebro comanda o corpo humano. O cérebro transforma os estímulos recebidos em informações úteis para coordenar as ações de cada órgão e membro do organismo. Já a contabilidade processa as informações qualitativas e quantitativas referentes ao patrimônio de uma empresa. Aqui, entende-se patrimônio como um conjunto de direitos, deveres e de bens.

Publicado em Artigos
Quarta, 16 Abril 2014 15:01

FCONT

O Fcont deve ser apresentado em um único arquivo para todo o período de escrituração. Cabe à empresa/contador efetuar a unificação.

Para integração entre um plano de contas e outro, utilize os lançamentos do tipo TR no registro I200.

 TR= Lançamento de transferência da diferença entre saldos fiscais e societários no caso de implantação de um novo plano de contas.

Publicado em Notícias
Quarta, 16 Abril 2014 14:48

SPED CONTABIL

Com relação à ECD, ao verificar as seções 1.10 e 1.11 no "Manual de Orientação do Leiaute do SPED Contábil (ECD)", onde consta:

Apuração Trimestral do IRPJ: Respeitados os limites acima descritos, ainda que a apuração do IRPJ seja  trimestral, o livro pode ser anual. A legislação do IRPJ obriga a elaboração e transcrição das demonstrações na  data do fato gerador do tributo. Nada impede que, no mesmo livro, existam quatro conjuntos de demonstrações  trimestrais e a anual.

Publicado em Notícias

Ao longo de minha trajetória contábil me deparei diversas vezes com pessoas que sempre questionavam como saber o que deveria ser debitado e o que deveria ser creditado, este sem dúvida é o maior dilema para os leigos quando o assunto é contabilidade.

De uma forma simplista, mas tentando apresentar um conceito de fácil memorização eu sempre menciono o seguinte, “tudo o que entra é débito e tudo o que sai é crédito” de antemão este conceito parece ser perturbador visto que o maior contato que temos diariamente com a contabilidade esta quando consultamos nosso extrato bancário onde entradas de dinheiro em nossa conta são representadas por créditos e saídas de dinheiro débitos, ou seja, totalmente o contrário do conceito mencionado anteriormente, basta apenas uma consideração para que o conceito volte novamente a ser uma verdade.

Quando estamos analisando nosso extrato bancário, na verdade estamos olhando a contabilidade do Banco, onde somos mais uma conta contábil recebendo lançamentos na mesma sistemática de débitos e créditos mencionada anteriormente. 

Publicado em Artigos

Publicações

« Agosto 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Lista VIP

Que receber conteúdos exclusivos produzidos por especialistas em gestão e negócios? Deixe seu e-mail abaixo que enviaremos em primeira mão pra você!

Facebook

Precisa de ajuda com a gestão da sua empresa? Converse com um de nossos consultores especialistas na sua área! É GRÁTIS. Clique aqui

Scroll to top